terça-feira, 24 de maio de 2016

Endodontia: o que é? Por Dra. Daniela Odorissio


Provavelmente você está com dúvidas a respeito de tratamento endodôntico, porque seu dentista ou endodontista disse precisar fazê-lo, ou um "canal". Se assim for, você não está sozinho. Muitos pacientes se submetem ao tratamento a cada ano. O tratamento endodôntico consiste em manter seus dentes naturais, como um alicerce saudável para mastigar e morder, para os próximos anos.

Se você nunca realizou um tratamento endodôntico, ou se passaram muitos anos desde seu último procedimento, você pode ter dúvidas ou expectativas ultrapassadas.

O tratamento endodôntico, hoje, conserva os dentes.

O tratamento endodôntico é necessário quando a polpa se torna inflamada ou infectada. A inflamação ou infecção pode ter várias causas: cáries profundas, procedimentos dentários repetidos no dente ou pancadas traumáticas. Se a inflamação ou infecção da polpa não for tratada, pode causar dor ou levar a um abcesso.

Sinais de lesão incluem sensibilidade à dor, prolongada ao frio ou calor, descoloração dos dentes, inchaço e sensibilidade nas proximidades das gengivas. Às vezes, não há sintomas.

O endodontista remove a polpa inflamada ou infectada, limpa cuidadosamente e molda o interior do dente, em seguida, preenche e sela o espaço.

Depois, você irá retornar ao seu dentista, que irá colocar uma coroa ou restauração sobre o dente para proteger e restaurar o seu funcionamento pleno. Após a restauração, o dente continua a funcionar como qualquer outro dente.

Quem mora em Rondonópolis e região podem procurar a Dra. Daniela Odorissio Martin que é especialista em tratamento de canal (Endodontista),  na Orthoclinica, que fica na Av. Rotary Internacional, 554 – 1º Andar, Bairro São Sebastião II. Telefones: (66)3422-3793 e 9721-9723.

Nenhum comentário:

Postar um comentário