quinta-feira, 30 de junho de 2016

GENGIVITE X DIABETES



Já é consenso que manter a saúde bucal é fundamental para todas as pessoas. Entretanto, os quadros de gengivite costumam ser mais severos nos pacientes que não controlam os níveis de açúcar no sangue e a ocorrência de perdas dentárias também é mais frequente. 

Pesquisas recentes sugerem que a relação entre doenças gengivais e diabetes é uma via de mão dupla. Não somente as pessoas com diabetes são suscetíveis às doenças gengivais, como ainda a o problema periodontal pode ter o potencial de afetar o controle glicêmico no sangue e contribuir para a progressão do diabetes.

O risco é ainda maior nos pacientes que têm dificuldade em manter a doença sob controle. Valores altos de glicose no sangue costumam engrossar os vasos sanguíneos, sendo eles que levam oxigênio e nutrientes para os demais tecidos do corpo, incluindo a boca, e se encarregam de levar embora tudo o que é prejudicial ao organismo. O mecanismo se torna muito mais lento, diminuindo a resistência da gengiva e do tecido ósseo, levando à infecção.

Como evitar problemas dentários associados ao diabetes?

Em primeiro lugar, o mais importante é controlar o nível de glicose no sangue.

Em seguida, cuide bem dos dentes e gengiva e faça exames minuciosos com um dentista a cada seis meses. Para controlar as infecções por fungo, controle bem seu diabetes e procure não fumar, caso seja fumante. O controle adequado da glicose do sangue também ajuda a evitar ou aliviar a boca seca causada pelo diabetes.

Quem mora em Rondonópolis e região podem procurar a Orthoclinica, que fica na Av. Rotary Internacional, 554 – 1º Andar, Bairro São Sebastião II. Telefones: (66)3422-3793 e 9721-9723.

Nenhum comentário:

Postar um comentário